julio 3, 2022

Morelos Habla

España en España es para cualquier persona que viva en España, visite España o cualquier persona interesada en las últimas noticias, eventos y deportes en España. Descubra más ahora.

‘Dying Light 2’ es un mundo apocalíptico hecho para explorar y combatir; mas faltou refinamento; g1 jogou | Juegos

Semper ouvimos que a «noite é uma criança» e que tudo pode acontecer. Em «Dying Light 2: Stay Human», por fuera, a noite vai ser o maior pesadelo do jogador, que vai precisar encontrar um local sure wait or dia raiar. é durante a noite que os mortos-vivos ficam mais agitados e espécies mais fortes e poderosas dessas aberrações saem para caçar.

E é óbvio que, para deixar o desafio ainda maior, o game do estúdio polonês Techland presenta missões que acontecem no period notturno justamente para aumentar o desafio de sobrevive nesse mundo do futuro. Os inimigos mais fortes que aparecem sob a luz do luar não podem ser derrotados facilmente ea única alternativa é fugir por sua vida — eo desespero ao escutar os gritos de hordas voce de êrás de mons

‘Dying Light 2: Stay Human’: tráiler de jogo

Na história da sequência de «Diyng Light», lanzado en 2015, que chega nesta sexta-feira (4) para Xbox Series X/S, PlayStation 5, Xbox One, PlayStation 4, Nintendo Switch y PC, um virus extremadamente contagioso infectou quase toda una población del planeta, transformando a todos en zumbis. Não é um enredo original, mas funciona bem para criar a ambientação deste universo. O mapa é aberto e denso, permitindo uma exploração robusta em busca de recursos y de melhorias como talvez nunca se viu antes em um game com zumbis. Este é o ponto forte do novo jogo: ter um cenário recheado do que fazer e com muito a descobrir em um verdadeiro «sandbox» (género de jogos onde o jogador pode fazer quase o que desejar, como «GTA») «Minecraft», por ejemplo). Contudo, a história contada por meio das missões principais não chega a empolgar tanto. Isso não chega a surpreender já que outros títulos da Techland como «Dead Island», también de infestação de zumbis, não tinha o endoso como ponto forte. O que se destacou era o combat ea luta por sobrevivência.

READ  Aprenda a permanecer desconectado e invisible en WhatsApp

A promessa de mais de 500 horas de conteúdo de jogo, incluyendo missões principais, secundárias ea exploração enquanto tentamos sobrevivir às infestações de mortos-vivos é bastante audaciosa, mas ela égue Como no primeiro game, a visito em primeira pessoa, focando na movimentação rapid do parkour and nos combats com armas brancas (bastões, porretes, facões, etc), aliado com um gran detalhamento visual deste mundo, são positivo pontos. Remetendo muchas veces al antiguo juego “Mirror’s Edge”, você vai dar grandes saltos, ficar pendurado em beiradas de prédios, dar cambalhotas, deslizar por cabos presos em grandes alturas e muitas outras ações que frio. Tudo como se fosse o seu ponto de vista.

Historia batida, mundo incrível

Na pele de Aiden, uma espécie de sobrevivente desse vírus que transforma a todos em zumbis, você deve partir em busca da sua irmã que estaria viva em algum place. Ao mesmo tempo, por o personagem ter o vírus no corpo, durante una noche, ele pode começar a se transform em um morto-vivo, e precisa correr desesperadamente para encontrar uma fonte de luz UV, que consegue evitarçã esa. Aliás, ao longo do game, nos momentos de perseguição, é apenas esse ponto iluminado azul que vai salvar o jogador, além da luz do sol ao amanhecer. Elas funcionam como um tipo de veneno para certos inimigos.

Um dos monstruos que vai perseguir você à noite em ‘Dying Light 2’ — Foto: Divulgação/Techland

O ciclo de dia e de noite é muito importante e você precisa ficar atento ao relógio. Durante o dia, hara zumbis nas ruas, mas eles são fracos e pode ser facilmente eliminados. Usando sus habilidades de parkour, ficar por cima dos telhados ajuda para evitar confrontos desnecessários. Mas se você não for discreto, esses zumbis vão entrar em uma perseguição mortal y conseguem escalar os prédios em busca da sua carne fresca.

Durante una noche, os monstruos mais poderosos saem da toca e vão perseguir a Aiden implacavelmente se ele estiver dando bobeira na rua. Não há como serem eliminados, então, correr por su vida é una única alternativa atrás de uma fuente de luz UV ou de um abrigo protegido. Além dos gritos assustadores, indicadores na tela ficam mostrando o quão perto eles estão de você.

Então, é melhor ficar sindo só de dia e dormir à noite? No. Os jogadores mais habilidosos vão querer explorar pontos específicos do mapa que servem de ninho dos monstros que só podem ser acessados ​​à noite. De dia, os zumbis estão ativos lá dentro longe do sol. No período noturno, eles saem para caçar e é a chance de invadir esses locais e obter itens raríssimos que vão dar boas vantagens para Aiden. Essas vantagens incluyen acessórios y armas melhores e itens que desbloqueiam novas skills. E, como foi dito, as missões principais e secundárias geralmente se encerram à noite justamente para causar uma sensação de desespero enquanto você precisamente fugir dos monstros. Ouvir o som delles gritando atrás de você é digno de pesadelos.

Combates y elementos de RPG

Quando você precisamente lutar, os combates de Diyng Light 2 funcionanm muito bem. Por estar en nessa visão de primeira pessoa utilizando os movimentos do parkour, eles apresentam bastante intensidade. Além de usar os armamentos que você encontra pelo caminho (e pode melhorá-los conforme encontra sucata e outros itens), as skills de parkour permitam, por ejemplo, usar inimigos para pegar impulso e dar uma bela voadora em quo fest e quer . Vale destacar que, além dos mortos-vivos, neste mundo sem lei, onde os sobreviventes se organizam em pequenas comunidades, há grupos armados que querem dominar territórios. Eles são bastante perigosos e usam as mesmas armas que Aiden para atacar. Contra eles, os reflejos de combate são bastante importantes para vencer.

Usando el parkour para moverse, el juego presenta una gran cantidad de información y una conversación — Foto: Divulgação/Techland

Ao longo do game, as skills são aprimoradas conforme você encontra os itens especiais à noite, entra em combat ou consegue comprar melhorias nas lojas espalhadas na cidade dentro de pequenas vilas fortificadas. Você pode fazer um escambo com o que você coletar pelo caminho e ir ajudando esses pequenos grupos de sobreviventes a crescer e melhorar suas vidas. E conforme você melhora o que Aiden pode fazer, você pode enfrentar grupos de adversários maiores y consegue alcanzar locais de difícil acceso. Por isso, a exploração no game foi muito bem trabalhada e é o grande ponto de destaque.

Coletar os recursos para a criação de itens é outro elemento que faz com que o jogador explore a cidade. O sistema é simples para até os mais iniciantes criarem poções de vida e aprimoramentos nas armas. Aliás, elas são finitas: use-as demais e elas perdem sua função. Mais um motivo para explorar e encontrar armamentos mais poderosos. Tal cual algunos juegos de rol, como armas possuem níveis e você vai querer encontrar as mais raras e fortes para utilizar.

A cidade foi muito bem construída para proporcionar una exploración exigida pelo game, além de ser incrivelmente detalhada. Há prédios altos, casa mais baixas, plantações onde você encontra recursos, pontes, cordas e muito mais. Tudo com aquele tom de fim do mundo com plantas dominando as construções, carros abandonados pelas ruas e muito mais.

Por otro lado, por más que o trabalho visual y de conteúdo de jogo esteja muito bem feito e deixa tudo muito divertido, a parte técnica deixa a desejar. Foram encontró muchos errores ao longo da aventura. Entre os mais comuns estão travamentos eo game encerrar sozinho — isso no meio de uma missão, obrigando a reiniciar o jogo ea começar tudo de novo. Outro erro que aconteceu foi atravessar e ficar preso em parece ou cair em um buraco infinito, também necessitando recomeçar o jogo. São falhas que incomodam e prejudicam a qualidade do game, mas que podem ser consertadas com uma atualização posterior. Um game tão bonito e com tanto conteúdo não merecia ter esse tipo de problemas.

Zumbis van a trabalho ao jogador em ‘Dying Light 2’ — Foto: Divulgação/Techland

Ainda, nos videogames de nova geração (Xbox Series X y PlayStation 5), tiene tres opciones visuales. El modo de resolución prioriza las imágenes en 4K de definición. O el modo de calidad coloca más elementos en la tela y el trazado de rayos para sombras más precisas, más deixa o visual bastante borrado. Senti que precisava de oculos. Já o modo desempenho reduz a resolução mas prioriza uma taxa de 60 quadros por segundo, deixando a movimentação mais fluida. Seria perfeito para este tipo de jogo cheio de ação, mas, aparentemente, a qualidade visual perde muito. No teste, foi escolhido jogar no modo com resolução maior.

«Dying Light 2: Stay Human» sigue superando o antecessor em todos los quesitos. Mesmo com os problemas, é um game mais parrudo em conteúdo e visualmente mais bonito. Para quem gosta desse tipo de exploração nos mínimos detalhes, de procurar uma construção e fazer de tudo para conseguir subir nela, procurar pelos itens mais raros de todas as maneiras e ir expandindo as skills final, result Satisfecho personaje. Mas tenha em mente que os bugs estarão lá para aparecer quando menos se espera, tal qual os zumbis assustadores.